Notícias

Após várias reuniões realizadas, o SINTTEL e demais sindicatos filiados à federação negociaram com a TIM mudanças positivas no modelo de apuração e pagamento da participação nos resultados da empresa para 2019.

Agora, o atingimento de 100% das metas estabelecidas resultará no pagamento de um prêmio de 2,3 salários (antes eram 2 salários). O atingimento mínimo de cada indicador era de 70% da meta e, a partir de 2019, passará a ser de 50%. Ou seja, se ao menos metade da meta fixada para um determinado indicador for alcançada, o resultado desse indicador não é zerado e contribui para o resultado final.

Do mesmo modo, a superação da meta estabelecida para o indicador poderá resultar no pagamento de até 150%. Até 2018 esse máximo era de 140%.

Foram excluídas do novo modelo as cláusulas de aceleradores por gestão de desempenho (GD) e monitoria (qualidade no atendimento). Estas eram cláusulas e condições que por muitas vezes geravam dúvidas e desconfianças nos trabalhadores em razão da subjetividade existente nas avaliações destes dois quesitos.

A negociação garantiu também a antecipação de um salário até 1º de outubro de 2019 e a quitação do programa até 1º de maio de 2020.

Na avaliação do SINTTEL, com este novo modelo foram ampliadas as possibilidades de recebimento do prêmio e elevado o target para os níveis praticados em outras operadores de telecomunicações, entregando um programa mais favorável aos trabalhadores sem descuidar dos objetivos de negócio da empresa.

Deixe uma resposta

Comentário
Nome*
Email*
Website*