Notícias

No último dia 31 de maio, em vídeo reunião, dirigentes do Sinttel e representantes da Teleperformance (inclusive do setor de TI) novamente discutiram o monitoramento virtual do teletrabalho, através da instalação de sistemas e aplicativos nos computadores dos teletrabalhadores que estão em home office.

PALAVRA DO SINTTEL – O Sinttel reiterou à Teleperformance o pleno respeito à privacidade individual/familiar dos teletrabalhadores, os quais, em hipótese alguma, podem ser pressionados para instalarem aplicativos da empresa em seus computadores.

PALAVRA DA TELEPERFORMANCE – Os representantes da empresa afirmaram “que a direção da Teleperformance não orienta e não admite nenhum tipo de pressão e que a instalação de sistemas e aplicativos necessários à operação dos serviços no home office é discutida e permitida previamente pelos teletrabalhadores, aos quais é assegurada total privacidade quanto aos arquivos, imagens, web cam, etc, existentes nos seus computadores particulares”.

ALERTA – O Sinttel alertou aos representantes da Teleperformance que deve haver equilíbrio e, acima de tudo, bom senso nas relações do teletrabalho e, caso continue recebendo denúncias dos teletrabalhadores, não restará outra alternativa a não ser providências cabíveis junto aos órgãos de fiscalização e justiça do trabalho para garantir a individualidade virtual dos teletrabalhadores.

TELEPERFORMANCE: MENOS PRESSÃO, MAIS ORIENTAÇÃO E INFORMAÇÃO, POR FAVOR

Atendendo pleito do Sinttel, os representantes da Teleperformance irão reforçar, o mais breve possível, esclarecimentos e orientações aos teletrabalhadores, através de uma campanha com cartilhas, folhetos etc., para sanar todas as dúvidas quanto a abrangência dos sistemas e aplicativos TP Sentinel, Microsoft Teams e ThinScale.

TELEPERFORMANCE, ATÉ MAQUINA PRECISA DE ASSISTÊNCIA!

O Sinttel cobrou da Teleperformance mais assistência aos teleoperadores, pois, estejam em home office ou presencial, eles reclamam da pouca assistência e do pouco suporte (em especial de TI) no cotidiano exercício das atividades laborais.

Não são raros os momentos de aflição porque o sistema cai, o computador trava, o cliente abusa no “palavreado”, e por aí vai. Os teleoperadores precisam de apoio para produzir bem!

O Sinttel lembra à Teleperformance que se até maquina precisa de assistência, imagine um ser humano, sob pressão constante por metas, onde tudo é urgente!

HOME OFFICE NA PANDEMIA: EMPRESAS DEVEM GARANTIR OS INSTRUMENTOS DE TRABALHO

O Sinttel ressaltou à Teleperformance o seu entendimento de que é dever das empresas, sim, garantirem recursos e instrumentos de trabalho como, por exemplo, computador e headset, enquanto durar o home office face à pandemia.

Esse pleito se justifica, vez que os teletrabalhadores foram para o home office por decisão unilateral da empresa, em cumprimento dos decretos governamentais e nota técnica do Ministério Público do Trabalho, que determinaram medidas preventivas ao risco de contaminação pela Covid-19, evitando a aglomeração nos call centers enquanto durar a pandemia. Logo, não é justo que seja responsabilidade dos teleoperadores garantirem o principal instrumento de trabalho – computador – para operar os serviços da Teleperformance, caso contrário, correm o risco de demissão(?!).

PREPOSTO NÃO É REI

Todos sabem que não é fácil supervisionar e coordenar o trabalho, em especial o trabalho à distância, mas nada no mundo justifica um preposto, em prol do cumprimento de metas, querer ser mais real do que o rei, pressionar, destratar e ameaçar um trabalhador.

Líder competente é aquele que possui habilidade no trato das relações humanas e sabe, com respeito, conquistar o empenho e a disciplina dos seus subordinados. O bom líder é admirado, não é temido.

Vale aqui um recadinho àquele preposto que quer ser mais real do que o rei: reflita, mude! E aos trabalhadores reafirmamos: não aceitem pressão, denunciem! O Sinttel está de olho…

TRABALHADOR FORA DO SINDICATO É PRESA FACIL PARA A EXPLORAÇÃO

A história comprova que somente a organização dos trabalhadores junto ao sindicato é o meio para fazer avançar as conquistas e impedir abusos aos direitos legítimos da classe trabalhadora.

Um trabalhador fora do sindicato é presa fácil para a exploração do capital. Por isso, filie-se hoje mesmo ao seu sindicato – o Sinttel, um sindicato sério e de luta. Acesse http://sinttelrn.org.br/s/sindicalize-se/ e preencha a ficha de sindicalização ao Sinttel.

Deixe uma resposta

Comentário
Nome*
Email*
Website*