Notícias

Durante todo o processo negocial realizado com o Contact Center Riachuelo, os dirigentes do Sinttel discutiram com os representantes da empresa várias alternativas de composição, sempre em busca das condições que melhor atendessem às reivindicações dos trabalhadores para renovação do Acordo Coletivo de Trabalho.Durante todo o processo negocial realizado com o Contact Center Riachuelo, os dirigentes do Sinttel discutiram com os representantes da empresa várias alternativas de composição, sempre em busca das condições que melhor atendessem às reivindicações dos trabalhadores para renovação do Acordo Coletivo de Trabalho.

No último dia 16 de janeiro a negociação resultou em uma proposta que poderia ser discutida em assembleia, mas ainda restaram algumas questões, que foram respondidas pela empresa na quarta passada (24).

Os trabalhadores, agora, estão sendo convocados para analisar e deliberar sobre a aceitação ou não das condições apresentadas pela empresa. Confira os principais itens da proposta:

• Data base: 1º de janeiro

• Vigência do acordo: 1 ano

• Piso salarial 180 horas/mês: R$ 1.163,00 (reajuste de 2,07%)

• Piso salarial 220 horas/mês: R$ 1.421,50 (reajuste de 2,07%)

• Demais salários: reajuste de 2,07% (INPC)

• Auxílio Creche: R$ 225,60 (reajuste de 2,07%) por 36 meses

• VA/VR 180 horas/mês: R$ 7,50 (reajuste de 13,64%)

• VA/VR 220 horas/mês: R$ 14,60 (reajuste de 38,26%)

• VA/VR: Manutenção da concessão de 50% da carga mensal nas férias.

• O domingo trabalhado conforme escala deixa de ser pago como hora extra

• Manutenção de todas as demais cláusulas do acordo atual, tais como: antecipação do 13º salário, participação nos lucros e resultados, auxílio funeral, seguro de vida, jornada de trabalho, estabilidade para as gestantes, plano de saúde, delegados sindicais, dia do teleoperador, entre outras.

PAGAMENTO SERÁ EM FEVEREIRO

Caso a proposta de acordo seja aprovada, o pagamento das diferenças nos salários e benefícios decorrentes da aplicação dos reajustes ocorrerá em fevereiro.

ASSEMBLEIA ADIADA

Como de praxe, a palavra final sobre a proposta será dos trabalhadores. A assembleia geral que vai discutir e deliberar sobre a proposta da empresa estava convocada para ocorrer na terça, 30/01, mas o Sinttel decidiu suspendê-la até que sejam esclarecidos alguns pontos específicos. A nova data será em breve informada. Até lá, leia, analise com atenção a proposta, tire suas dúvidas com os dirigentes do Sinttel para que você possa votar com sabedoria e consciência.

Matéria editada às 18:45 horas do dia 29/01/2018 para comunicar a suspensão da assembleia geral

2 comentários para Trabalhadores do Contact Center Riachuelo vão analisar proposta da empresa

  • ANONIMO

    VALE COMBUSTIVEL PARA FUNCIONARIOS QUE VEM DE VEICULO PROPRIO.

    Responder
  • TRABALHADOR

    Aproveitando o gancho do comentário anterior, venho manifestar o meu desejo e de muitos outros colaboradores por esse ganho que sei ter direito a receber, mas devido vim de meio próprio não posso recebê-lo, que pelo menos seja liberado para quem sai as 22hrs.

    Segue abaixo o link de esclarecimento sobre o meu pedido.

    https://www.mrccursos.com/blog/vale-combustivel-pode-substituir-vale-transporte

    Responder

Deixe uma resposta

Comentário
Nome*
Email*
Website*